terça-feira, 24 de agosto de 2010

Política Jovem


Olá Galera de Cristoo!!!
“Política Jovem”

Prestes a mais uma derradeira escolha dos comandantes de nossas entidades governamentais, precisamos começar a pensar com consciência sobre o papel do jovem nessas escolhas.

O eleitorado jovem, entre 16 e 17 anos, hoje soma pouco mais de 2,39 milhões, segundo o TSE, o que é de suma importância na escolha dos representantes da nação.

Sendo assim, nada mais justo que levantar um alerta a toda comunidade jovem que “exercerá a cidadania” na próxima eleição. É importante que o jovem tenha consciência em quem votar, nas propostas, na vida pregressa do candidato, na ideologia partidária, enfim, há que se existir todo um processo para a escolha certa.

Atualmente tivemos diversos destaques de políticas públicas importantes para a Juventude. Foi aprovada a PEC da Juventude, que nada mais é do que uma cartilha / lei correspondente aos propósitos de uma Juventude mais firme nos anseios da cidadania. Também foi revisto o EAC, documento este que precisava desta revisão no tratamento de nossas crianças e adolescentes. Temos também a Campanha contra a violência jovem encabeçada pela Pastoral da Juventude.

Estes e outros projetos devem ser objetos de discussão no meio jovem de forma bem ampla, inclusive verificando quem está apoiando toda esta idéia, quem realmente olha para o futuro da nossa nação e não somente para seus próprios anseios políticos.

Sugiro que você jovem, a partir de hoje até o dia da eleição, passe a guardar alguns minutinhos da semana para pensar nisso, estudar isso… Tenha certeza que é super importante para SEU FUTURO.

A política, muito embora haja divergências neste tipo de pensamento, esta intimamente ligada à igreja também; bons homens e mulheres comandantes da nação, enraizados na fé, no amor de Deus, serão responsáveis por criar ideais de caridade, fraternidade e solidariedade dentro da sociedade em que vive. Portanto, ser política é ser igreja também.
Ocorreu um erro neste gadget